Eu podia estar roubando. Mas eu estou protestando.



Do mundo real para o mundo virtual e vice e versa. Entre palavras de ordem, cartazes e hashtags, o Brasil acordou. E dentro de tantos motivos para fazer justiça com as próprias mãos, milhares de jovens, adultos e idosos (92 anos até), saem às ruas para reivindicarem o que é nosso por direito: justiça.

Não à violência, não ao sangue, muito menos às balas de borracha. Sim às verdades, ao povo na rua, aos protestos pacíficos. Essa batalha não tem uma bandeira político partidária, nem são apenas 20 centavos. São os milhares de centavos que pagamos de impostos e nada é feito, pelos milhares de aumentos abusivos onde só os empresários são favorecidos e contra os inúmeros políticos corruptos e omissos.

Ouviram do Iriparanga, da Paulista, da Consolação
Assistiram da TV, ouviram no rádio e viram na internet
Os brasileiros querem mudar a nação
E agora não estão apenas respondendo enquetes

O gigante acordou e saiu às ruas
Porque as ruas são o seu lugar
A passarela das verdades nuas
Que mostram na tela a vontade de mudar

Os 20 centavos mais valiosos do Brasil
Era para ser mais um aumento de passagem
E foi um certeiro tiro de fuzil
Aos que detém a impunidade

Acorda Brasil, vem para a rua
Que esse é o seu lugar
A rua é toda sua
E lá você pode sonhar lutar.

Compartilhe sua opinião