Os recortes e colagens no Quadro em Branco


Um canal do YouTube que desmembra criativamente diferentes obras de arte

Quadro em Branco é um canal no YouTube que traz um conteúdo extremamente informativo apresentado sempre pela perspectiva do autor do canal, trazendo intertextualidades, referências e diferentes interpretações em cima de obras de arte em suas variadas formas. Os vídeos normalmente abordam os campos da literatura, da música e do cinema e trazem muito da cultura popular e suas influências.

De maneira extremamente criativa, diversos vídeos fazem correlações interessantíssimas entre diferentes obras de arte, em formato e até mesmo gênero. Em um de seus episódios, o Quadro em Branco propõe um paralelismo entre o rapper Don L, o músico clássico Mozart e o personagem Lúcifer, do quadrinho Sandman. Evidenciando a irreverência presente na personalidade e, consequentemente, nas obras desses artistas.

 

Em um episódio mais recente, o Quadro em Branco ranqueia seus capítulos favoritos de Memórias Póstumas de Brás Cubas. Dessa forma, levando para o público da internet um contato com uma literatura considerada clássica ou erudita, e desmistificando as dificuldades de compreensão que supostamente acercam esse tipo de leitura.

 

Em um episódio mais recente, o Quadro em Branco ranqueia seus capítulos favoritos de Memórias Póstumas de Brás Cubas. Dessa forma, levando para o público da internet um contato com uma literatura considerada clássica ou erudita, e desmistificando as dificuldades de compreensão que supostamente acercam esse tipo de leitura.

Além de sugerir novas interpretações sobre obras conhecidas, o Quadro em Branco também apresenta muito conteúdo para o público, difundindo outros trabalhos igualmente interessantes. Ademais, tem uma perspectiva crítica muito presente e responsável, apontando problematizações em cima das criações e dos criadores.

Se ainda não conhece, vale a pena conferir!
Siga o Quadro em Branco no Youtube!

Siga o TREVOUS nas redes sociais: Instagram, Twitter e Facebook.

Compartilhe sua opinião

Share