5 Minisséries criminais para assistir preso no sofá


5 dicas de minisséries criminais para ficar vidrado

Séries criminais são programas, que apesar de medonhos e as vezes nojentos, podem ser divertidos. Porém, além desse mundo de CSIs e seus filhos não reconhecidos, mais recentemente a televisão (e o streaming) tem lançado várias minisséries do gênero bastante interessantes, tendo histórias intrigantes e envolventes com diferentes abordagens. Aqui vai uma lista de 5 delas.

Mare of Easttown (2021):

Um dos grande lançamentos desse ano, “Mare of Easttown” conta história de Mare Sheehan (Kate Winslet), uma detetive que fica responsável pela investigação do suposto assassinato de uma garota na pequena Easttown. Em meio a investigação, Mare tem que lidar com a pressão do trabalho junto a problemas familiares, frutos do suicídio do seu filho mais velho.

Apesar de se tratar de uma minissérie criminal, a grande sacada do roteiro está no tom e na mescla de gêneros. Além da tensão e do suspense, é possível notar momentos cômicos e calorosos, que nos emocionam e nos fazem ver as diferentes facetas de Mare e do restante dos personagens da série.

Mare of Easttown está disponível na HBO Max.

Inacreditável (2019):

Baseada em fatos reais, “Inacreditável” é uma minissérie criminal que segue uma estrutura bastante interessante. Revezando entre dois casos diferentes: o da jovem Marie Adler (Kaitlyn Denver), vítima de estupro e acusada de falso testemunho; e o das detetives Grace Rasmussen (Toni Collette) e Karen Duvall (Merrit Wever), duas mulheres, que alguns anos depois, se unem para investigar casos semelhantes.

Nessa estrutura, a minissérie segue a narrativa criminal ao mesmo tempo que reflete sobre como a sociedade e a polícia tratam esse tipo crime. Mostrando como uma injustiça impacta na vida de uma pessoa e como um caso desse deve ser levado — nunca suspeite da vítima.

Inacreditável está disponível na Netflix.

The Night Of (2016):

“The Night Of” põe o espectador em um ponto de vista muito peculiar. Diferentes de outras obras do gênero, a minissérie segue Nasir Khan (Riz Ahmed), um jovem nova-iorquino filho de paquistaneses que é o principal suspeito do assassinato. Porém, enquanto normalmente são levantadas suposições e motivações para o crime, aqui, desde o inicio você sabe que Nasir é inocente e que foi acusado por engano.

Seguindo essa premissa, a minissérie reflete sobre a xenofobia e as formas como o preconceito pode influenciar uma investigação. Além de mostrar como é a vida de um inocente dentro do sistema criminal, onde o psicológico é posto no limite.

The Night Of está disponível na HBO Max.

Objetos Cortantes (2018):

Adaptado do livro de mesmo nome, “Objetos Cortantes” conta a história de Camille Preaker (Amy Adams), uma jornalista atormentada, que volta a sua cidade natal para fazer um artigo sobre o assassinato de duas jovens. Em meio ao ambiente conturbado da casa de sua mãe, Adora (Patricia Clarkson), a minissérie mostra os diferentes passos da investigação em meio a brigas e discussões.

Diferente das outras minisséries dessa lista, o interessante sobre “Objetos Cortantes” é a presença de cenas que brincam com a nossa atenção. Além de cenas de sonhos e de situações imaginárias, a edição e a direção da minissérie se utilizam de recursos que nos fazem duvidar tanto da estabilidade mental de Camille quanto da nossa capacidade de percepção, nos fazendo querer ver e rever os episódios, procurando por detalhes que provavelmente perdemos.

[Vale ressaltar que a série tem cenas extremamente fortes.]

Objetos Cortantes está disponível na HBO Max.

The Outsider (2020):

Já citado por aqui, “The Outsider” é uma obra que se desprende um pouco do mundano. Baseada no livro de Stephen King, a minissérie acompanha o trabalho do detetive Ralph Anderson (Ben Mendelsohn), que se vê em uma sinuca de bico quanto a um caso que investiga: seu principal suspeito, Terry Maitland (Jason Bateman), tem tantas provas a favor quanto contra sua inocência.

Nesse contexto, a minissérie usa o gênero criminal para brincar com o sobrenatural, algo típico das histórias de King. Refletindo sobre os principais pavores do homem e mostrando como devemos lidar com aquilo que é incompreendido. O resultado é uma mistura de gêneros interessante e uma trama intrigante.

The Outsider, infelizmente, não está em nenhum streaming, porém, como foi produzida pela HBO, deve ficar disponível na HBO Max em breve.

Esse post foi baseado em uma lista que pode ser encontrada no nosso Letterboxd. Não se esqueça de nos seguir por lá e no nosso Instagram para mais conteúdos sobre filmes, séries e muito mais.

Compartilhe sua opinião